Informação e orientações do Colégio de Consultores:



Na manhã desta quinta-feira, com os devidos cuidados de prevenção ao contágio do Coronavírus, o Colégio de Consultores da Diocese esteve reunido e informa que já fez alguns encaminhamentos para a participação na celebração da ordenação episcopal de Mons. Adimir Antonio Mazali, dia 20 de junho, às 19h, na Catedral de Cascavel. Sendo possível a participação sem restrições, será organizada a lotação de um ônibus, cujas inscrições serão abertas na metade de maio. Para a missa de início do seu ministério na Diocese, dia 12 de julho, às 16h, na Catedral São José, a parte litúrgica foi atribuída à atual comissão diocesana de liturgia. Foram indicados nomes para uma comissão de acolhida, comunicação e social. O Colégio de consultores fez também as seguintes orientações: Por enquanto, seguir as indicações em vigor desde o dia 02 deste mês, com o isolamento social para celebrações litúrgicas, eventos formativos, catequéticos e sociais. Quanto às secretarias paroquiais, continuar com expediente interno, com os cuidados indicados pelas autoridades, podendo ser feito o atendimento para pedido de intenções de missas e de exéquias, de informações, de doação do dízimo e outras. Recomenda que se aproveite o tempo para colocar em dia a documentação e outros aspectos de secretaria, organização dos diversos aspectos da casa, sacristia e outros. Recomenda também contenção geral de despesas nas paróquias, na Cúria Diocesana, nos Seminários e nas Pastorais. Em relação à participação dos padres na ajuda às necessidades prementes da atual situação, o colégio propõe: a partir da sua situação específica, cada padre veja quanto pode dispor de sua côngrua para a ajuda em alimentação em sua própria paróquia e para a Cáritas Diocesana que atende grupos supraparoquiais, como indígenas, por exemplo. Como referência, se sugere o valor de uma cesta básica mensal para o nível paroquial e outra para a Cáritas. Propõe também uma doação mensal para a manutenção da própria paróquia e para paróquias que já estão em dificuldades para suas despesas ordinárias. A doação para a Cáritas Diocesana e para paróquias em maior necessidade pode ser deixada no Setor Financeiro para o devido destino.

3 visualizações0 comentário