A Voz da Diocese

“A alegria do amor na família”



Saudamos a todos os irmãos e irmãs que acompanham Voz da Diocese e particularmente nossa manifestação de carinho a todos os pais pela passagem de seu dia. Manifestamos também nosso apreço por todas as famílias, rezando por todas de modo especial nesta Semana Nacional da Família que vai de 08 a 14 de agosto, refletindo sobre “A alegria do amor na Família”.

Nesta semana, as famílias são chamadas a iluminar suas vidas pela Palavra de Deus que diz: “Dá e recebe, e alegra a ti mesmo” (Sir 14,1). Perceber a alegria que brota do coração de cada um dos membros da família e com esta, alimentar um ambiente saudável de amor, de esperança e harmonia para a felicidade de todos.

Prezados irmãos e irmãs, ainda queremos iluminar nossa vida cristã pela Palavra de Deus que nos é dirigida neste final de semana.

A primeira leitura nos mostra a realidade do profeta Elias que desanimado diante das dificuldades e perseguições, tenta fugir adentrando o deserto e depois de longa caminhada, adormece desejando a morte para si mesmo. Mas Deus se preocupa em oferecer a ele o alimento para a vida e para a missão. O anjo do Senhor o toca e diz: “Levanta-te e come! Ainda tens um longo caminho a percorrer”. É um convite a renovar as forças a fim de continuar o seu caminho e cumprir sua missão, mesmo nas dificuldades. Ensina-nos que não devemos desanimar, mas encontrar no Senhor a força para viver e testemunhar o amor e a bondade com que Deus se manifesta a cada um de nós.

Para aliviar ainda mais as dores de um povo sofrido, o salmista nos recorda: “Provai e vede quão suave é o Senhor”!

Na Carta aos Efésios, São Paulo convida a um comportamento cristão nos relacionamentos: “Sede bons uns para com os outros, sede compassivos; perdoe-vos mutuamente, como Deus vos perdoou por meio de Cristo. Sede imitadores de Deus, como filhos que ele ama”. Isto é resultado da adesão a Jesus que como alimento, o pão da vida, transforma a vida e os relacionamentos da vida familiar e comunitária.

No Evangelho Jesus se apresenta “Eu sou o pão do céu. Se alguém come deste pão viverá eternamente. E o pão que eu darei é a minha carne doada para a vida do mundo”. Para que este pão alimente e sacie de fato a fome de vida é preciso acreditar em Jesus e aderir ao seu projeto de amor que caminha na direção a Deus e aos irmãos.

Neste dia dos pais e na Semana Nacional da Família, exortamos a todos que intensifiquemos nossas orações em favor das famílias e que em seu seio haja o amor constante entre seus membros e a alegria de se doarem uns aos outros, estendendo estas atitudes na vida social e comunitária, onde todos sejamos testemunhas do amor misericordioso de Deus que nos alimenta e fortalece com o “Cristo – pão da vida” em todas as circunstancias de nossa existência.

Que o exemplo da Família de Nazaré, Jesus Maria e José, oriente os caminhos a ser percorridos neste tempo de grandes desafios na família e na sociedade e faça brilhar em cada um de nós, a alegria de dar e receber amor. Amém!

Dom Adimir Antonio Mazali

Bispo Diocesano de Erexim – RS

8 visualizações0 comentário