A Voz da Diocese

Atualizado: 27 de Nov de 2020

1º Domingo do Advento

Advento: “Vem, Senhor Jesus”!




Saudações em Cristo a todos os ouvintes da Voz da Diocese.

Neste dia 29 de novembro iniciamos um novo tempo litúrgico na Igreja. O tempo do Advento marca este início como um caminho de preparação ao Natal. É tempo de espera, é tempo de esperança, de estarmos alertas e vigilantes para a vinda do Senhor.

Advento significa aproximar-se, vir chegando aos poucos. Serão quatro semanas de Advento nas quais preparamos o Natal. Eis que o Senhor vem para salvar o seu povo. É um tempo de mergulharmos no verdadeiro sentido que este tempo nos traz: olhar para o Deus que veio, para o Deus que vem e o Deus que virá. Historicamente nos coloca diante da dupla vinda do Senhor, ou seja, a vinda de Deus entre os homens no mistério de sua encarnação e a sua vinda ao fim dos tempos.

A liturgia deste primeiro domingo do advento nos faz entrar no espírito deste tempo que é de vigilância, de preparação para o Natal. Preparar o coração para acolher o Cristo que vem nos trazer alegria e esperança; trazer vida nova. Isaías, o profeta por excelência deste tempo, desabafa com Deus e suplica a vinda de um Salvador para reaproximar o povo de Israel que endureceu seu coração e se distanciou da aliança. Suplica que o Senhor volte atrás de sua ira para recriar o seu povo dando-lhe um coração novo.

O Evangelho de Marcos nos coloca na centralidade da mensagem deste tempo que é o convite à vigilância e a atenção aos sinais dos tempos: “Cuidado! Ficai atentos, porque não sabeis quando chegará o memento” (Mc 13,33). Um alerta para que não nos deixemos iludir pelas falsas propostas de felicidade e bem-estar para a nossa vida, dimensionado nossa existência apenas neste mundo e com os bens materiais. Precisamos olhar para a vida a partir da proposta do Reino de Deus.

Caríssimos irmãos e irmãs, o Natal cristão não é a festa de comidas e bebidas, de presentes e de luzes em nossas casas. O Natal é a luz da esperança que se acende nos corações daqueles que amam a Deus e o acolhem com o coração sincero, traduzindo em seus gestos e ações, os verdadeiros valores que são: a paz, a fraternidade, a esperança e o amor; estes que alimentam nossos relacionamentos como verdadeiros irmãos e irmãs amados por Deus que é nosso Pai.

Caminhemos à luz do advento e transformemos nossos corações numa manjedoura de amor para acolher Cristo que vem, pois Natal é a acolhida com amor do “Deus Amor” que vem para nos salvar, exclamando: “Vem, Senhor Jesus”!

Dom Adimir Antonio Mazali

Bispo Diocesano de Erexim

1 visualização0 comentário